Dia chuvoso, da vontade de ficar na cama, de baixo da coberta, tomando um chocolate quente, bem gostoso, não é? Bem, é desta mesma forma que nos encontramos em algumas situações de nossa vida, é mais fácil, até gostoso, ficar “refugiado” de baixo de uma coberta do que levantar, enfrentar o frio e o dia presente. Isto se chama, “zona de conforto” e é natural que nos deixemos levar por estes períodos (não se preocupe), mas é neste exato momento que devemos encontrar forças, sendo que está força/energia vem de dentro de nós, do mais profundo sentimento, seja bom ou ruim é que nos fará levantar, enfrentar, aceitar e tomar para nós o que é nosso e devolver ao outro o que lhe pertence. Este outro, pode se manifestar de várias formas, nossos pais, antepassados, uma situação, qualquer coisa, o mais importante é aceitarmos a vida como ela realmente é e se apresenta e não como “gostaríamos que ela fosse…”, pois é ai que se inicia o “sofrimento”, a decepção, pois pensamos, “por que não poderia ser diferente…” e a resposta para esta pergunta é simples, mas dolorida. Por que não!

É fácil eu escrever isto, mas a verdade é que é muito difícil aceitarmos a vida como ela é, aceitar a nossa realidade, mas quando a enxergamos de verdade, aceitamos ela como se apresenta, com dores e alegrias, por incrível que pareça, tudo fica mais fácil, fica mais tranquilo, conseguiremos resolver, lidar de forma mais fácil, estaremos mais presente, dando seu devido valor e claro, resolvendo-o, pois sempre devemos ter em mente que nada neste mundo é fixo e permanente, tudo muda, tudo se transforma. Hoje temos um pensamento, amanhã podemos ter outro. Ontem o dia foi difícil, hoje talvez seja mais fácil, e manhã ainda não sabemos.

O mais importante é aceitarmos a realidade como ela é, sem “choramingar”, e com base nela, de forma presente, ou seja, com os pés no chão e com a mente limpa, achar um modo (e acharemos, confie!), de passarmos por este processo e perceber que em todas as situações podemos e devemos tirar algo bom, nem que seja 1%, mas com toda a certeza iremos aprender, evoluir, crescer e termos mais experiência para passarmos isto adiante.

Quantas vezes já olhamos para traz e dissemos, “nossa, naquele momento difícil do passado, eu chorava, hoje olho para a mesma situação de forma plena, até da vontade de dar rir….”, o que desejo passar é, sempre estamos em constante evolução, em constante aprendizado e depende de nós sabermos olhar para cada processo, através de pontos de vista diferentes e sabermos interpretar, aceitar, compreender e com ele aprender!

Um outro exemplo que posso dar é mais simples ainda…. Quando éramos pequenos e nos machucávamos ao brincarmos, nossa mãe (pai, avó…), tinha que limpar a ferida, que muito provavelmente estava suja, e ao fazer isto, ao limpar esta ferida (cutucar ela), doía, ardia, mas após esta mesma ferida ser limpa, a dor aos poucos ia passando, não infeccionava e logo esquecíamos, e quando olhávamos para ela, já não sentíamos o mesmo medo, dor que tivemos no momento que nos machucamos. Bem, isto é a realidade, ou melhor, enfrentar a realidade, ela dói, ela machuca, mas o resultado final, sempre é melhor, em todos os sentidos, tanto para nós quanto para os demais a nossa volta.

Para finalizar, vendo um filme uma vez de um determinado super-herói (adoro filme de heróis), o personagem fala para o outro “Por que caímos Sr.? (e o mesmo personagem responde), para aprendermos a levantar!”. O que isto quer dizer? Cair faz parte de nossa vida, as vezes é uma queda leve, as vezes não, o importante é levantarmos, termos fé em nós mesmos, na divindade que existe dentro de nós que é capaz de realizar grandes feitos e você que lê este artigo, também é criador de grandes feitos.

Acredite, você é capaz, só precisa acreditar em si mesmo, pois como sempre digo, “O sucesso de sua vida, está em suas mãos”, basta aprendermos a olhar pelos diversos pontos de vista e aprender com eles, pois o problema não está em errar e sim não aprender com ele e errar novamente!

Namastê (Quer dizer, o sagrado que existe dentro de mim, saúda o sagrado que há em você!)

Por Alex Nielsen – Tarólogo – Terapeuta Sistêmico e Palestrante Motivacional


Conheça mais sobre o trabalho de Alex Nielsen:

  • Site:http://www.alexnielsen.com.br
  • E-mail:contato@alexnielsen.com.br
  • Facebook:@alexnielsenterapias
  • Instagram:@alexnielsenterapias
  • Twitter:@alexnielsenth
  • Whatsapp:011 9.8762 3692
Anúncios